Melhorias no SetupMyProject

Nos últimos tempos trabalhamos para atender algumas solicitações dos usuários do nosso serviço :). As melhorias passam por projetos baseados em Spring, VRaptor e JSF. Abaixo seguem algumas delas.

A primeira tem a ver com o tipo de servidor que você quer usar no seu projeto. Antigamente o SetupMyProject gerava todas as configurações supondo que o programador estava trabalhando com um Servlet Container, estilo Tomcat. A partir de agora você pode decidir se quer realmente usar um Servlet Container ou Application Server. Por enquanto os projetos suportados para isso são o VRaptor e o JSF, que já fazem uso da stack do JAVA EE. Quando a opção Application Server for escolhida, as dependências do pom.xml já virão marcadas como provided, o que é o ideal quando vamos usar as bibliotecas que já estão no servidor.

Uma segunda novidade interessante, para qualquer projeto baseado no CDI, é a possibilidade de adicionar o DeltaSpike. Nesse momento fizemos o suporte apenas para os projetos baseados no JSF, mas não vai demorar para projetos baseados no VRaptor também passarem a ter esse benefício.  Só não adicionamos para o VRaptor porque ele já possui um plugin para integração com a JPA e, por enquanto, esse foi o único módulo que adicionamos do DeltaSpike.

Um outro ponto que chateava os usuários é que nosso projeto gerava uma tag chamada dependencyManagement que, na maioria das vezes, era inútil para o projeto em questão. Acaba que o programador adicionava a dependência lá e a mesma não era refletida no projeto!

Para fechar, adicionamos mais possibilidades para a geração de CRUD’s. Uma muito legal é que adicionamos um componente de paginação para as listagens de projetos baseados em VRaptor ou Spring. Paginação está presente em quase todo cadastro que somos obrigados a fazer e, querendo ou não, perdemos um certo tempo nas lógicas. Para os amantes do JSF, ainda vamos suportar a paginação baseada no componente do PrimeFaces.

Ainda no campo do CRUD, agora também é possível gerar novos cadastros para projetos que já estejam em andamento. Logo na primeira tela do fluxo de geração, tem uma opção para você seguir baseado em algum projeto que já esteja em andamento. No fim é gerado um zip que você pode importar como um archive file no seu Eclipse.

Estamos comprometidos em ser uma ferramenta de geração de código que não deixa o programador alienado. Hoje já geramos um pequeno readme explicando o que ele precisa fazer quando escolhe cada uma das opções. Nossa ideia é deixar esse readme mais completo, mostrando para o programador o motivo da geração de cada parte do código.

Por enquanto é isso pessoal, o projeto vai andando bem e com downloads diários. O objetivo é suportar a geração automática de código para o máximo de trabalho braçal que for possível. Afinal de contas queremos gastar tempo pensando em features que realmente exijam da gente :).

 

Advertisements